Espaço Zen 03 de Dezembro de 2015

Tipos de insônia: entenda porque você não está dormindo bem


mulher dormindo tranquilo

Preocupações com o trabalho, saúde e família, dificuldades nas relações afetivas ou até mesmo impaciência no trânsito têm tirado o sono de muita gente. Isso porque essas características podem estar relacionadas a um problema que é mais comum do que se pensa, a insônia. A insônia pode levar a irritabilidade, cansaço, hiperatividade, dificuldade de concentração e até alucinações.

Tipos de insônia
O que poucos sabem é que este problema pode ser classificado em três tipos. Um deles é a insônia transitória, que tem duração de até quatro semanas. Quem nunca perdeu o sono por ficar esperando ansiosamente por uma viagem planejada há meses? Ou então por um casamento de um amigo, parente ou até mesmo o seu? E a expectativa pela espera do resultado do vestibular? Esses são sinais da insônia transitória, que surge devido a um estresse ou ansiedade que antecede um momento importante para a pessoa.

Já a insônia aguda dura um tempo maior, de quatro a seis meses, sendo causada geralmente por eventos traumáticos.

Já para as pessoas que possuem dificuldade constante de dormir o cuidado deve ser redobrado, pois pode ser insônia crônica. Ter que ficar muito tempo acordado, doenças como depressão, artrite e alzheimer ou consumo de drogas, e até mesmo ambiente com barulho antes de dormir são algumas das causas da insônia crônica.

Tratamento para a insônia
A boa notícia é que existe tratamento para a insônia. Após o diagnóstico dado pelo médico, geralmente são indicados medicamentos queajudam a pessoa a dormir e não provocam dependência química. Além disso, passar a ter hábitos saudáveis, como praticar exercícios de forma regular, é uma das dicas. A Medicina Preventiva da Unimed Fortaleza oferece grupos para práticas de exercícios físicos, auxiliando na qualidade de vida e mandando para longe a insônia.


Compartilhe nas redes sociais:
Rodapé da página.